loader image
Pesquisar
Close this search box.

Cartão de crédito: Descubra quais opções não cobra spread cambial!

A partir do nosso texto, confira a lista de cartões de crédito que não cobram spread cambial!

As transações internacionais têm ganhado popularidade entre os viajantes, impulsionadas pelo aumento das taxas aplicadas sobre o dólar, o que resultou na diminuição do uso do cartão de crédito para compras no exterior.

No contexto brasileiro, o spread pode atingir até 7%, somado ao IOF de 4,38% para compras internacionais. Dessa forma, o custo total de utilizar cartões de crédito nessas transações pode alcançar 11,38%.

No entanto, é importante ressaltar que alguns cartões têm a capacidade de isentar esse encargo. Curioso para saber quais são? Continue acompanhando para descobrir.

Confira quais cartões de crédito não cobram spread cambial

Cartão de crédito

O spread cambial nos cartões de crédito refere-se à diferença entre a taxa de câmbio de referência, utilizada pelo mercado financeiro, e a taxa de câmbio efetiva aplicada nas transações internacionais realizadas com cartões de crédito.

Essa diferença, expressa em termos percentuais, representa uma margem de lucro para as instituições financeiras que fornecem os cartões. Quando um consumidor faz uma compra no exterior ou realiza uma transação em moeda estrangeira com o cartão de crédito, a instituição financeira converte o valor para a moeda local.

O spread cambial entra em cena nesse momento, pois a taxa de câmbio utilizada para essa conversão não é a mesma que a taxa de câmbio de mercado. A diferença entre essas duas taxas é o spread cambial, e esse montante adicional é cobrado do consumidor.

O spread cambial é uma fonte de receita para as instituições financeiras e contribui para cobrir os custos e os riscos associados às operações de câmbio. Em muitos casos, ele é adicionado às taxas de transação internacionais e ao Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), resultando no custo total da transação em moeda estrangeira.

Os consumidores devem estar cientes do spread cambial ao usar cartões de crédito em transações internacionais, pois essa diferença nas taxas de câmbio pode ter um impacto significativo no custo final da operação.

Além disso, alguns cartões oferecem condições mais favoráveis, como spreads menores ou isenção de certas taxas, o que pode ser um fator a considerar ao escolher um cartão para uso no exterior.

Sicoob Mastercard (Black Merit, Black, Platinum, Gold e Clássico)

Apresentando um spread de 0% e anuidades variando entre R$ 920, R$ 650, R$ 250, R$ 145 e R$ 96, respectivamente, esses cartões de crédito oferecem um sistema de pontuação baseado nos gastos realizados com o cartão, além de vantagens específicas proporcionadas pela bandeira Mastercard para cada categoria. Essas opções de cartões destacam-se como escolhas atrativas para os consumidores.

Banese Card Elo (Internacional e Nanquim)

Com anuidades de R$ 770 e isenção de taxa, respectivamente, esses cartões também proporcionam gratuidade no spread. Importante ressaltar que a versão Nanquim possibilita a isenção da anuidade mediante gastos mensais a partir de R$ 5.500. Ademais, ela assegura acesso a salas VIPs e pontuação por dólar gasto.

Cartões Unicred Mastercard (Black, Platinum, Gold e Standard)

Apresentando anuidades que oscilam entre R$ 1.400 e R$ 90, conforme a categoria, esses cartões também proporcionam spread de 0%. Adicionalmente, todos os cartões incluem um sistema de pontuação baseado nos dólares gastos. Entretanto, é importante destacar que não há uma política de isenção de anuidade.

Sicoob Visa (Clássico, Gold, Platinum e Infinite)

Esses cartões também figuram na categoria de spread 0. Todos eles apresentam anuidades que variam entre R$ 96, R$ 144, R$ 264 e R$ 770, porém, oferecem políticas de isenção que estão sujeitas à cooperativa específica. Além disso, esses cartões disponibilizam um sistema de pontuação baseado nos dólares gastos.

Outras opções

  • Cartões Sisprime Mastercard (Black, Platinum e Gold);
  • Cartões Unicred Visa (Infinite, Platinum, Gold, Conta Universitária, Classic e Classic Básico);
  • Cresol Mastercard (Black, Platinum, Gold e Classic);
  • Credicoamo Mastercard (Black, Platinum e Gold).

Em conclusão, a busca por cartões de crédito sem a cobrança de spread cambial revela uma variedade de opções interessantes para os consumidores. Ao explorar diferentes alternativas, é possível encontrar cartões que oferecem a vantagem do spread 0, eliminando a margem adicional cobrada nas transações internacionais.

A análise das anuidades e políticas de isenção, bem como os benefícios adicionais, destaca a diversidade de escolhas disponíveis no mercado financeiro. A lista apresentada fornece um guia útil para os consumidores que buscam uma experiência de transação internacional mais econômica e transparente.

Ao tomar decisões informadas, os usuários podem selecionar o cartão que melhor atende às suas necessidades, proporcionando uma gestão financeira mais eficiente e custos mais controlados em suas transações globais.

Você pode se interessar: